Considerações finais

A alimentação está em tudo na nossa vida. É forma de comunhão familiar, espiritual, social e dá ao corpo o suporte para realizar as atividades simples como andar, respirar, aprender, sorrir e amar. Precisamos modificar a relação com o alimento de forma saudável e que produzirá resultados para a vida toda. Cuidar do comportamento alimentar, da mente e do corpo é sinal de amor e cuidado consigo mesmo! 

3 Você tem poucos momentos de prazer no seu dia-a-dia

Sua vida é preenchida de trabalho, estudo e cuidados com outras pessoas. Você tem pouco tempo para você mesmo e o momento de prazer no seu dia é o momento da refeição. E mesmo quando sobra um tempinho você prefere descansar. Afinal, está esgotado!

Muitas pessoas com um mau comportamento alimentar carregam o mundo nas costas, são ansiosas e vivem com muito estresse. O primeiro passo é se amar e se cuidar mais. Será que você está assumindo mais atividades do que é capaz? Afinal, por que queremos tanto atingir a perfeição?

3 sinais que você tem pensamento de gordo – o 2º é o meu preferido

2 Você recorre à comida quando está estressado, ansioso ou triste.

Talvez você seja assim: sempre que chega estressado do trabalho acaba comendo o resto daquele doce da geladeira. Isso acontece mesmo quando acabou de comer no caminho de casa. O que regula o momento em que você se alimenta não é a fome, mas sua emoção. Afinal, qual foi a última vez em que você de fato sentiu fome e não vontade de comer?

Lembre-se: a comida é uma das maneiras mais simples de sentir prazer instantâneo, mas será que é isso que você quer mesmo? Comer te dá aquele prazer instantâneo, mas resolve suas emoções negativas e problemas diários? Existem muitas formas de lidar com os problemas e as emoções. Mas deixe-me lhe falar: comer excessivamente não é uma delas. 

                    


Maria Cristina Lopes. Psicóloga do emagrecimento. Ajuda pessoas a utilizar suas próprias capacidades para aumentar seu bem estar, se desenvolver, atingir objetivos e ter mais qualidade de vida! ​Alcança mais de 30 mil pessoas nas redes sociais com conteúdos e postagens motivadoras.

Muitas pessoas falam que tem “pensamento de gordo” quando tem vontade de comer um chocolate ou um brigadeiro. A verdade é que todos temos desejos às vezes. Isso não necessariamente é um sinal de que tenha pensamento de gordo. Existem atitudes e pensamentos que tornam nosso pensamento em relação ao alimento problemático.


Querendo ou não, nossa vida está preenchida por alimentos e precisamos ter uma relação saudável com o alimento. Isso significa dizer que não podemos depender da comida se queremos desenvolver um relacionamento positivo com a comida. 


Aqui abaixo você pode conferir 3 atitudes que demonstram uma relação ruim com a comida e que talvez você esteja tendo “pensamento de gordo”.

1 Sua mente está sempre voltada para a comida mesmo quando você não está com fome

Se pensar em comida é sua atividade principal, atenção: sua relação com a comida está indo de mal a pior! Pensar em comida só não é tão bom quanto comer de fato. E quando alguém está comendo ao seu lado sua mente só está focada naquilo.

Atenção! O comportamento alimentar não é algo a ser negligenciado. Nos alimentamos várias vezes todos os dias. Ter um relacionamento ruim com a comida é como não viver plenamente a própria vida.