Maria Cristina Lopes Quando a mente está leve a dança flui Psicologia da dança

CALENDÁRIO DO CURSO


23/out (16:30-18:00) – Profª Cintia Diniz – Módulo: Suporte parental e rede de apoio para talentos.
30/out (16:30-18:00) – Profª Giovanna Xavier – Módulo: A formação da autoestima na dança: muito além da teoria
06/nov (16:30-18:00) – Profª Raquel Labonia – Módulo: Transtornos alimentares na formação e profissão: cuidados gerais com bailarinos.
13/nov (16:30-18:00) – Profª Tais Brasil– Módulo: A construção da identidade de um bailarino em um ambiente competitivo: um outro olhar sobre a competição.

20/nov (16:30-18:00) – Profª Maria Cristina Lopes – Módulo: Psicopatologia e sintomas na formação em dança: foco na ansiedade.


TAIS BRASIL

Psicóloga formada pela UFRJ, pós-graduanda em Psicologia clínica com ênfase em Gestalt-terapia pelo Centro Universitário Celso Lisboa, formação em Psicologia da dança (MOVIMENTE), cursou Psicologia do Esporte e Preparação Mental (Sâmia Hallage), cursou Formação em Psicologia do Esporte (CEPPE), cursou Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (COB), entre outros cursos de atualização e aperfeiçoamento em psicologia do Esporte.  No seu histórico, praticou jazz, ballet clássico e participou de oficinas de dança de salão e dança contemporânea. Tem experiência profissional no esporte há 8 anos. É professora da plataforma CBTKD Educa, criou e implantou o Projeto de Prevenção e Enfrentamento da Discriminação, Abuso Sexual, Assédio Moral e/ou Sexual no Ginásio de Cheerleading Arkhaios Allstars e é palestrante.

CINTIA DINIZ

Psicóloga, Mestre em Psicologia do Desenvolvimento e da Educação, MBA em Psicologia e Especialista em Neurociência e Aprendizagem. Professora, coreógrafa e bailarina formada pela Royal Academy of Dance de Londres. Mentora, Tutora e PTS do curso CBTS pela Royal Faculty of Education de Londres. Professora registrada pelo PBT Program, membro do CID de Paris e do ISTD de Londres. Iniciou a segunda graduação em Educação Física. Professora internacional de dança, dance coach, consultora e psicóloga da dança.

MARIA CRISTINA LOPES

Psicóloga pela PUC-Rio. Mestre em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra. Palestrante e escritora. Desenvolveu o primeiro curso de psicologia da dança do Brasil. Com atualizações nas áreas de: orientação profissional (UERJ), terapia cognitivo comportamental e neurociências (UFRJ), psicologia escolar (CAPE), terapia cognitivo comportamental para crianças e adolescentes (SCMRJ), psicologia do esporte (CEPPE) e psicologia organizacional (Adriana Assad). Trabalha com psicologia da dança há 9 anos nos contextos escolar e clínico, além de orientar professores de dança. Acredita que a dança e a psicologia devem andar juntas para que possamos formar melhores bailarinos.​

EMENTA DO CURSO

Confira os módulos, resumo dos temas e objetivos do curso.

Módulo: ​Transtornos alimentares na formação e profissão: cuidados gerais com bailarinos

PROFª RAQUEL LABONIA | DATA - 06/11 às 16:30
 
Resumo de temas: O que são transtornos alimentares e quais os principais diagnósticos. A dança e seus padrões como uma influência para o desenvolvimento de quadros alimentares disfuncionais em bailarinos. Sinais e sintomas importantes para identificar um problema alimentar. Tratamento multidisciplinar e a importância da disseminação de informações sobre este tema.

Objetivos: Após o curso, os alunos estarão aptos a identificarem sinais e sintomas de atenção para quadros alimentares disfuncionais, bem como o que fazer e como procurar ajuda.

GIOVANNA XAVIER

Psicóloga Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Pós-graduanda em Dançaterapia pela Faculdade Unyleya. Participou da 1ª turma do Curso Psicologia da Dança do Brasil, ministrado pela professora Maria Cristina Lopes. É bailarina e professora de dança do ventre, proprietária do Instituto Giovanna Faraash – Dança do Ventre e Psicologia da Dança, em Campo Grande/MS. Seus estudos são voltados tanto aos efeitos da dança como terapia complementar, mas, principalmente, a como o contexto da dança pode ser mais saudável e os bailarinos podem lidar de forma efetiva com questões como perfeccionismo, autoestima, comparação, ansiedade, autoimagem, entre outros assuntos tão presentes na dança.

​​​​​​​​Curso Online ​​|​ ​Temas em psicologia da dança: a formação do bailarino 

Curso livre com aulas online ao vivo sobre temáticas em psicologia da dança na formação em dança para todos os envolvidos na dança em todas as modalidades. Certificado ao final de 10 horas para os alunos que tiverem 80% de presença emitido pelo Centro de Psicologia, Movimento e Dança.


Público-alvo: Este curso é para todos os envolvidos com a formação do bailarino: os professores, os diretores, os pais e os bailarinos.


Início das aulas: 23 de outubro de 2021 (aulas ao vivo aos sábados às 16:30).


Inscrições fechadas!

Inscrições fechadas

Temas em psicologia da dança: a formação do bailarino 

Curso livre com aulas online ao vivo sobre temáticas em psicologia da dança na formação em dança para todos os envolvidos na dança em todas as modalidades. Certificado ao final de 10 horas para os alunos que tiverem 80% de presença emitido pelo Centro de Psicologia, Movimento e Dança.


Início das aulas: 23 de outubro de 2021 (aulas ao vivo aos sábados às 16:30).

​​​​Fale​ ​conosco

Entre em contato direto conosco para tirar as suas dúvidas:


✔️ Whatsapp: +5521993053432


✔️ E-mail: mariacristinalopes@gmail.com


​✔️Instagram: @marialopescristina

PROFESSORAS

Conheça as professoras que ministrarão o curso "Temas em psicologia da dança: formação do bailarino":

Dúvidas? Fale comigo!

Módulo: ​A formação da autoestima na dança: muito além da teoria 

PROFª GIOVANNA XAVIER | DATA - 30/10 às 16:30

Resumo de temas: A autoestima refere-se à avaliação em relação à competência e valor que o bailarino faz de si. A avaliação de incapacidade de superação de desafios, inadequação à vida e comparação nas aulas, ensaios e apresentações são alguns comportamentos que fazem parte do bailarino com baixa autoestima. Mas como fortalecer a autoestima do bailarino?

- Objetivos: Abordar o que é a autoestima a partir de uma perspectiva psicológica, e assim compreender esse conceito dentro do contexto da dança em diferentes fases do desenvolvimento humano. Com isso, identificar comportamentos que caracterizam a autoestima alta e baixa e como eles podem ser modificados com exercícios práticos. Outros objetivos: Entender o que é autoestima a partir de uma perspectiva psicológica, para além do seu uso cotidiano; Compreender o conceito de autoestima aplicado ao contexto da dança; Identificar comportamentos que diferenciam a autoestima alta e baixa; Ter um panorama das nuances da autoestima ao longo das fases do desenvolvimento humano (infância, adolescência e vida adulta); Aprender estratégias práticas para modificação e fortalecimento da autoestima.

O QUE É A PSICOLOGIA DA DANÇA?​​

A psicologia da dança é a área que estuda e cuida dos aspectos psicológicos envolvidos com a dança


Com o surgimento da dança técnica na sociedade decorrem algumas questões, como, por exemplo, o interesse em melhorar o desempenho de dançarinos e compreender os efeitos da dança nas pessoas que praticam. A psicologia da dança nasce como área de estudo para responder a estas e outras questões. A psicologia da dança é a área científica e de atuação da psicologia no contexto da dança. Esta área não é puramente a psicologia aplicada à dança, afinal, há conhecimentos da psicologia que devem ser revistos e estudados para compreender sua aplicação e os dados específicos em um novo contexto.


Reconhecimento internacional

Algumas das mais conceituadas companhias, instituições e escolas do mundo contam com o trabalho da psicologia da dança, como: Royal Ballet School, New York City Ballet, Atlanta Ballet, The Royal Ballet, Birmingham Royal Ballet, The Australian Ballet, The School of American Ballet, Miami City Ballet, The National Ballet of Canada, The Australian Ballet School, Ballet West, Elmhurst Ballet School, Central School of Ballet, Pacific Northwest Ballet School, etc.

RAQUEL LABONIA

Nutricionista formada pelo Centro Universitário São Camilo (2008). Pós graduada em nutrição clínica (Centro Universitário São Camilo - 2009) e aprimorada em transtornos alimentares pelo AMBULIM - Ipq HCFMUSP (2020). Hoje atua em consultório particular e projetos de qualidade e vida e saúde mental.

Módulo: ​A construção da identidade de um bailarino em um ambiente competitivo: um outro olhar sobre a competição

PROFª TAIS BRASIL | DATA - 13/11 às 16:30
 
Resumo de temas: Competividade – definição, polaridades (rigidez x flexibilidade) e conflitos / Ansiedade pré-competitiva: o que é, qual sua mensagem sobre os mecanismos que usamos e como podemos nos ajustar melhor às situações ( fundo fisiológico e existencial) / Bloqueios criativos dos bailarinos (principais bloqueios do processo criativo do bailarino ou coreógrafo, influência da competição, consequências relacionadas ao processo da busca incessante do perfeccionismo) / Integração das polaridades (a busca de um equilíbrio, como o bailarino ou coreógrafo se relaciona com a competição, o olhar para o ambiente através de suas relações: o que torna um ambiente saudável ou adoecedor?).

Objetivo: Levar o bailarino e os professores/coreógrafos a refletirem sobre os possíveis  caminhos para a construção de um ambiente competitivo saudável e  para contribuir na construção de uma identidade mais integrada e flexível do bailarino/professor.

Módulo: ​Psicopatologia e sintomas na formação em dança: foco na ansiedade

PROFª MARIA CRISTINA LOPES | DATA - 20/11 às 16:30
 
Módulo: Psicopatologia e sintomas na formação em dança: foco na ansiedade (Maria Cristina Lopes) – 20/11.

Resumo de temas: A psicopatologia têm sido negligenciada na dança. É comum bailarinos desenvolverem sintomas relacionados à imagem, à depressão e, em específico, à ansiedade. Por isso, é importante que todos do meio da dança tenham conhecimento qualificado sobre o tema para o manejo e orientação adequados destas questões. Abordaremos conceitos da ansiedade e da psicopatologia no geral e pesquisas recentes sobre este aspecto na dança. 

- Objetivos: Refletir sobre o contexto da dança e a influência no desenvolvimento de diagnósticos e sintomas no geral. Abordar os principais sintomas de ansiedade e outras questões psicológicas. Oferecer um panorama sobre o manejo da ansiedade e como lidar com os sintomas na formação do bailarino. Aprender estratégias práticas para a rotina dentro e fora da dança.

Módulo: ​Suporte Parental e Rede de Apoio para Talentos 

PROFª CINTIA DINIZ | DATA - 23/10 às 16:30
 
Resumo de temas: A família é fundamental no processo de desenvolvimento humano sendo o primeiro núcleo social da criança, responsável por introduzi-la à sociedade. A família é por excelência a fonte das relações afetivas mais profundas e constitui um dos pilares da identidade de uma pessoa. Por isso, é essencial estudar e compreender sobre suporte parental e rede de apoio na formação das bailarinas (os). E dentro deste contexto vamos olhar para o papel familiar, o papel da escola/academia no corpo docente e direção, e também para as alunas (os) em formação em dança, compreendendo e desenvolvendo habilidades e competências necessárias para este suporte no processo de formação.

Objetivos: Expor um levantamento dos principais conceitos e questões relativos aos estudos sobre suporte parental e rede de apoio; Conceito de família; Contextualizar o tema com o ambiente da dança; Mostrar a importância do suporte parental e rede de apoio na formação de bailarinas (os) e dançarinas (os); Explorar o tema sobre diferentes óticas: família, escola/academia, aluno; Reconhecer as possibilidades práticas de aplicação do conhecimento adquirido; Promover debates e reflexões.